Cinco filmes imperdíveis com Ricardo Darín

Por Fernanda Sarate

Nos últimos anos, o nome deste ator argentino foi bastante citado em qualquer lista de artistas a se prestar atenção. O fato é que Ricardo Darín é considerado a personalidade mais importante do entretenimento argentino da última década. Saiba mais sobre o ator e confira alguns de seus filmes imperdíveis!

ricardo_darin

Quem é Ricardo Darín

Darín nasceu em 1957 em Buenos Aires. Sua família tinha envolvimento com o mundo artístico e já aos 10 anos o menino estreiou no teatro argentino. Com 16 anos iniciou suas participações na TV. Na década de 1980 fez parte de um grupo de atores que levou sucessos da televisão para o teatro.

Por algum tempo, intercalou trabalhos na TV e no teatro. Sua estreia no cinema foi em produções voltadas ao público juvenil. Seu salto na sétima arte ocorreu mesmo ao participar do filme Nueve Reinas (Nove Rainhas), interpretando um ladrão que está prestes a dar o golpe de sua vida. Mais tarde protagonizou El Hijo de la Novia (O Filho da Noiva), filme que obteve grande sucesso de crítica e de público em diversos países, tendo sido indicado ao Oscar, na categoria de filmes estrangeiros.

A partir daí Darín participou de diversos filmes, obtendo grande reconhecimento. Como destaque, sua participação sob a direção de Juan José Campanella em El Secreto de sus Ojos (O Segredo dos seus Olhos), que foi premiado no Oscar como melhor filme estrangeiro de 2010.

No decorrer de sua carreira, o ator ganhou mais de 20 prêmios e, em 2015, Ricardo Darín dividiu com Javier Cámara o prêmio de melhor ator na 63ª edição do Festival Internacional de Cinema de San Sebastián.

Cinco filmes imperdíveis com Ricardo Darín

5. Nueve Reinas (Nove Rainhas)

Lançado em 2000, com direção de Fabián Bielinsky, o filme ganhou 21 premiações.
Marcos (Darín) e Juan (Gáston Pauls) são dois vigaristas que estão prestes a aplicarem o golpe de suas vidas. Eles se conhecerem em meio a um golpe aplicado por Juan, Marcos ajuda o jovem a aperfeiçoar a sua técnica para que eles consigam ter êxito em uma negociação milionária envolvendo um conjunto de selos falsificados conhecido como “Nove Rainhas”. O filme vai apresentando diversas reviravoltas, inclusive em seu final.

4. El Hijo de la Novia (O Filho da Noiva)

Lançado em 2002, com direção de Juan José Campanella, foi indicado para o Oscar de melhor filme estrangeiro. Na trama, Darín é Rafael Belvedere, homem em crise, que gerencia o restaurante do pai. Sua mãe, com quem não tem tanto contato, começa a apresentar os primeiros sinais do Mal de Alzeheimer. O pai de Rafael propõe, então, um novo casamento com sua esposa, na igreja, para reforçar os votos feitos muitos anos atrás, levando Rafael, o filho da noiva, a rever seus valores e a repensar sua própria vida. O filme é delicadíssimo e conta com excelentes interpretações.

3. Un Cuento Chino (Um Conto Chinês)

Filme de 2011, com direção de Sebástian Borensztein, ganhou o prêmio de melhor filme do Festival de Cinema de Roma e do Prêmio Goya desse mesmo ano. Roberto (Ricardo Darín) é um veterano da Guerra das Malvinas, rabugento e reservado, vive atrás do balcão de uma pequena loja de ferragens e tem como passatempo colecionar notícias de jornal inusitadas. Entretanto, a calmaria de sua vida é interrompida quando ele vê o chinês Jun (Ignacio Huang) ser jogado de um táxi e decide ajudá-lo. Jun está na Argentina para encontrar seu único familiar ainda vivo, entretanto, ele não fala uma palavra em espanhol e Roberto não entende chinês. O roteiro e as atuações são extremanente cativantes e envolventes. O inusitado também está muito presente, sobretudo nas cenas que mostram algumas notícias (reais) colecionadas por Roberto, como a da cena inicial que mostra um jovem casal trocando alianças de noivado, quando simplesmente uma vaca cai do céu (isso realmente aconteceu!).

2. Relatos Salvajes (Relatos Selvagens)

Lançado em 2014, com direção de Damián Szifron e produção de Pedro Almodóvar, o filme obteve grande sucesso dentro e fora da Argentina, sendo indicado, em 2015, ao Oscar de melhor filme estrangeiro.
O filme é composto de pequenas histórias regadas à humor negro e ironia que mostram algumas situações de fúria do cotidiano de seus protagonistas, questionando sobre o que é capaz de nos levar a perder o controle – e até onde somos capazes de chegar.

1. El Secreto de sus Ojos (O Segredo dos seus Olhos)

Um de meus filmes preferidos no mundo! 🙂 Filme de 2009, dirigido por Juan José Campanella, é baseado no livro La Pregunta de sus Ojos e recebeu o Oscar de melhor filme estrangeiro.

Benjamin Esposito (Ricardo Darín) recentemente se aposentou do cargo de oficial de justiça de um tribunal penal e decide se dedicar a escrever um livro. Benjamin busca em sua experiência motivações para contar uma história trágica, da qual foi testemunha em 1974. Na época, seu departamento foi designado para investigar o estupro e assassinato de uma jovem. É a partir dessa situação trágica que Benjamin conhece Ricardo Morales (Pablo Rago), marido da jovem, a quem promete ajudar a encontrar o culpado, objetivo que ele não medirá esforços para alcançar com a ajuda de seu amigo e colega Pablo Sandoval (Guillermo Francella) e de Irene Menéndez Hastings (Soledad Villamil), sua chefe, por quem ele é apaixonado.

A partir disso, forma-se um grande quebra-cabeças psicológico, à medida que Benjamin vai descobrindo detalhes e envolvendo-se com esse crime. A trama é desenvolvida de forma magistral e conta com diversas reviravoltas que não vou dar spoiler aqui.
É comum ver O Segredo dos seus Olhos nas listas de melhores filmes da história recente do cinema. Saiba que não é à toa.

O cinema argentino conta com excelentes produções recentes e preciso dizer que, até então, não assisti a nenhum filme com o Ricardo Darín que não valha a pena – isso, talvez, porque o ator também é bastante criterioso com a escolha das produções que se envolverá. Dica: vários dos filmes indicados aqui estão disponíveis no Netflix! 😉

Você tem mais alguma indicação? Compartilhe nos comentários!

 

Anúncios

Um comentário sobre “Cinco filmes imperdíveis com Ricardo Darín

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s