Edição especial para os 150 anos de Alice: box Alice + Alice

Por Fernanda Sarate

Em 2015, o clássico criado por Lewis Carroll completa 150 anos. Confira o que achamos do box Alice + Alice, lançado pela editora Cosac Naify e saiba mais sobre o universo de Alice no País das Maravilhas.

Independentemente de gosto, Alice no País das Maravilhas é um clássico da literatura. Mas, agora, falando de gosto? Vou confessar e vocês podem me julgar em 3, 2, 1: sou fã do livro e do universo criado por Lewis Carroll.

E 2015 é um ano muito especial para pessoas que partilham desse gosto: este é o ano em que a obra completa 150 anos.

box_alice_alice

Box Alice + Alice, da editora Cosac Naify

Com isso, edições lindíssimas foram lançadas mundo afora. No Brasil, a que mais que chamou atenção e que, vejam só, ganhei de desaniversário (!) foi a da editora Cosac Naify. Trata-se do box Alice + Alice, que traz os dois volumes da saga de Alice: Alice no País das Maravilhas e o nem tão conhecido Alice através do espelho e o que ela encontrou por lá.

O que essa edição tem de interessante?

  • Ilustrações: as ilustrações de Alice no País das Maravilhas são de autoria do Luiz Zerbini e são todas baseadas em cartas de baralho (acho que não é necessário explicar que esses são elementos bastante icônicos do livro). Elas complementam e enriquecem lindamente os textos. A capa é um deslumbre.
alice-no-pais-das-maravilhas

Alice no País das Maravilhas – ilustrações: Luiz Zerbini

 

  • Já as ilustrações de Alice através do espelho são de Rosângela Rennó e utilizam frames de diversos filmes que adaptaram a obra de Carroll e recortes de ilustrações clássicas para criar um efeito de colagem e distorção muito interessante. A capa, com o acabamento especial, dá a ideia de um espelho com múltiplas Alices. O projeto gráfico do livro é muito caprichado, é no detalhe que percebemos o cuidado da edição: por exemplo, os números das páginas pares são invertidos, criando o efeito de espelho! Aqui, há um making of feito pela Rosângela, que comenta um pouco sobre o seu processo criativo.
aliceatravesdoespelho

Alice através do espelho – ilustrações: Rosângela Rennó

 

  • Tradução: as duas traduções são muito boas, principalmente a do primeiro livro que, enquanto lemos, dá para imaginar que a história está realmente sendo contada por alguém, ela possui ritmo e fluidez bem típicos da linguagem oral, o que torna a leitura muito rápida e prazerosa.
  • A caixa: a embalagem é muito querida e segue direitinho o conceito gráfico dos livros: por fora, ela lembra o verso de cartas de baralho; e sua parte interna é metalizada, imitando um espelho.

 

Por que ler Alice?

Embora ainda sofra algum preconceito, sendo tratado como “livro para crianças”, vale lembrar que esse não precisa ser um rótulo pejorativo: é possível ser um pouco criança tendo qualquer idade; o lúdico, a inocência, a espontaneidade podem trazer cores à vida do adulto.

De qualquer forma, a história foi criada, de fato, para uma criança: Carroll inventou o País das Maravilhas para entreter a pequena Alice e suas irmãs. Alice solicitou enfaticamente que ele contasse uma história “com maluquice”. E, depois, ela insistiu que ele colocasse no papel a história que havia criado para elas.

E a “maluquice” é que a história é, ao mesmo tempo, nonsense e repleta de sentidos, simples e complexa, inocente e inteligente, recheada de quebra-cabeças e de enigmas que suscitam diversas interpretações e uma pluralidade de leituras de suas muitas camadas.

Há críticas quanto ao final do livro – acho que isso não é mais spoiller para ninguém, então, lá vai: na verdade, tudo foi um sonho de Alice. Hoje, essa já é uma solução clichê, porém, na época, não era nada usual. Na verdade, Carroll foi um dos pioneiros em utilizar o universo do onírico dessa forma na literatura.

Grandes autores também se encantaram com a obra de Carroll, entre eles estão Virginia Woolf, James Joyce e Oscar Wilde. Esse pode ser, afinal, um argumento bastante adulto para convencê-lo a ler Alice.

Livro: box Alice + Alice (Alice no País das Maravilhas e Alice através do espelho e o que ela encontrou por lá)
Autor: Lewis Carroll
Tradutores: Alexandre Barbosa de Souza e Nicolau Sevcenko
Ilustradores: Luiz Zerbini, Rosângela Rennó
Editora: Cosac Naify

Classificação:

flash_final

 

 

A edição é comemorativa, é possível que esgote rapidamente, então corra para garantir a sua.

Anúncios

3 comentários sobre “Edição especial para os 150 anos de Alice: box Alice + Alice

  1. Em primeiro lugar amei e muito essa edição, segundo a história é muito envolvente talvez hoje eu nem saiba mais qual é a “real” história e engana-se quem diz que é apenas livro de crianças várias faculdades fazem analogias utilizando esse livro e Matrix claro ashuahsuah enfim adorei, adorei tudo o texto, o livro, a paixão pela história que o “resenhista”/”colunista” escreveu. Parabéns
    Adrielli Oliveira
    loading1blog.blogspot.com

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s